PARA√ćBA Jos√© Maranh√£o

Políticos e entidades lamentam morte do senador José Maranhão

José Maranh√£o dedicou décadas à política paraibana (Foto: Acervo Jornal Correio da Paraíba) Políticos, agentes públicos e [...]

Por portalnoticiaja

09/02/2021 às 08:21:50 - Atualizado h√°
José Maranh√£o dedicou décadas à política paraibana (Foto: Acervo Jornal Correio da Paraíba)

Políticos, agentes públicos e entidades lamentam, desde a noite dessa segunda-feira (8), a morte do senador e ex-governador da Paraíba José Maranh√£o. O parlamentar tinha 87 anos e estava internado em um hospital particular em S√£o Paulo desde o dia 3 de dezembro de 2020 para tratar complica√ß√Ķes da Covid-19. O governador da Paraíba, Jo√£o Azevêdo, decretou luto oficial de três dias pela morte do ex-gestor do Estado. O Portal Correio reúne, nesta publica√ß√Ķes, manifesta√ß√Ķes públicas de pesar e homenagens ao senador.

Leia também:

“Neste momento de luto da política paraibana, o governador Jo√£o Azevêdo se solidariza com a dor dos amigos e familiares pela perda irrepar√°vel e apresenta suas condolências”, divulgou a Secretaria de Comunica√ß√£o do Estado, que classificou Maranh√£o como “um dos políticos mais influentes da Paraíba, e que deixa um legado de servi√ßos que marcaram a vida dos paraibanos”.

O prefeito de Jo√£o Pessoa, Cícero Lucena, disse que José Maranh√£o era um homem solid√°rio e engajado na defesa do povo paraibano e das cores do MDB. “O mestre de obras, como ficou conhecido nos anos em que levou esperan√ßa para boa parte dos paraibanos, através do seu Plano das √Āguas, era um gestor austero, pai carinhoso e marido profundamente apaixonado. Recebi com o peito inundado de l√°grimas a notícia da morte do grande amigo de muitas batalhas”, declarou Cícero, ao anunciar luto oficial de três dias na Capital.

O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima, também decretou luto oficial de três dias pela morte de José Maranh√£o. O gestor disse que a Paraíba perdeu um dos mais not√°veis homens públicos da contemporaneidade, com mais de seis décadas de atividade política e que galgou os mais importantes cargos do Estado. Mesmo que na maior parte das vezes José Maranh√£o tenha militado em campo partid√°rio advers√°rio ao seu, Bruno Cunha Lima destacou que o político sempre procurou manter as melhores rela√ß√Ķes pessoais com sua família. O prefeito lembrou da amizade do avô, Ivandro Cunha Lima, com Maranh√£o. “Desde sempre, Maranh√£o e Ivandro souberam alimentar uma amizade de décadas, com base no respeito mútuo”, pontuou Bruno.

O senador Veneziano Vital do Rêgo e a m√£e, Nilda Gondim, suplente de José Maranh√£o, também elogiaram a trajetória do parlamentar. “Perdemos um ser humano incomum, um homem de extrema dedica√ß√£o às causas paraibanas e ao seu estado”, lamentou Veneziano. “O senador José Maranh√£o deixa mais que um legado de homem público, de pessoa que se dedicou para melhorar a lutar pela qualidade de vida dos paraibanos. Ele deixa exemplos para as gera√ß√Ķes futuras, de como amar e se dedicar à sua terra e à sua gente. Um homem forte, que lutou até enquanto pôde pela vida”, destacou Nilda Gondim.

O ministro do Tribunal de Contas da Uni√£o, Vital do Rêgo Filho, recordou os momentos em que esteve com José Maranh√£o, tanto na política quanto na vida pessoal. “Durante minha vida pública, foram grandes e memor√°veis momentos que vivemos juntos, seja nas campanhas políticas, visitando os municípios paraibanos, tra√ßando estratégias de campanha, compartilhando experiências, aprendendo com seus exemplos; ou exercendo cargos públicos. Maranh√£o era um grande ser humano, uma pessoa especial, de extraordin√°rio desempenho político e de enormes demonstra√ß√Ķes de afeto pelo povo paraibano”, disse o ministro.

O deputado federal Pedro Cunha Lima também lamentou a morte de José Maranh√£o. “Com muita tristeza recebemos a notícia da morte do senador Maranh√£o. Lutou bravamete. Mais um momento que nos faz refletir qu√£o terrível essa doen√ßa é. Deixa uma vida de dedica√ß√£o à Paraíba. Que Deus conforte o cora√ß√£o dos familiares e amigos neste momento de profunda dor”.

Em nota, a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), na qual José Maranh√£o atuou por quatro legislaturas, anunciou luto oficial de sete dias. “Maranh√£o demonstrou nos últimos dias, na luta contra os efeitos deste vírus devastador, a mesma garra e determina√ß√£o, que nortearam toda sua trajetória de vida, mas infelizmente é mais um a tombar diante deste inimigo invisível e cruel. A Paraíba perde um grande líder, a política perde um grande exemplo e eu perdi um amigo, um professor. Que Deus na sua infinita misericórdia o receba com toda Glória”, declarou o presidente da Casa, Adriano Galdino.

A Federa√ß√£o das Associa√ß√Ķes dos Municípios Paraibanos (Famup) também manifestou pesar pela morte do senador e ex-gestor. “Zé Maranh√£o construiu uma história de conquistas e desenvolvimento para nossa Paraíba. Fez muito pelos municípios paraibanos. Apesar da perda, ele deixa um legado na política paraibana que serve de exemplo e inspira√ß√£o para muitos que trilham o caminho da política”, disse o presidente da Famup, George Coelho.

A Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Paraíba (OAB-PB) destacou: “Além de político, Maranh√£o era também advogado. O presidente da OAB-PB, Paulo Maia, colocou a Ordem à disposi√ß√£o da família neste momento de dor. Paulo Maia ressalta também que a morte de Maranh√£o representa uma grande perda para toda a Paraíba”.

A Associa√ß√£o Paraibana de Advocacia Municipalista (Apam) destacou o trabalho do senador e as lutas em defesa do municipalismo durante toda sua vida pública. “Sem dúvidas é um momento de muita tristeza para o nosso estado que perde um grande homem público, um político comprometido com a popula√ß√£o e com as causas municipalistas”, lamentou o presidente da entidade, Marco Villar.

Fonte: Portal Correio
Comunicar erro

© 2021 - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade •   Quem somos    •   Contato   •