ESPORTE américa-mg

Guia do Brasileirão 2021: Favoritos, contratações e onde assistir aos jogos

A última edição do Campeonato Brasileiro terminou de maneira emocionante, com o campeão, o Flamengo, sendo decidido literalmente no segundo final, além de dois...

Por portalnoticiaja

29/05/2021 às 14:35:27 - Atualizado há

A última edição do Campeonato Brasileiro terminou de maneira emocionante, com o campeão, o Flamengo, sendo decidido literalmente no segundo final, além de dois times considerados gigantes amargando o rebaixamento para a Série B (Vasco e Botafogo). A partir deste sábado, 29, uma nova história começa no principal torneio organizado pela CBF. A fim de deixar você a par de tudo que envolve a competição, a Jovem Pan preparou um guia do Brasileirão, indicando a situação dos grandes clubes de São Paulo, apontando os favoritos ao troféu no final do ano, mostrando onde acompanhar as partidas e atualizando o mercado da bola. Confira abaixo.

Favoritos ao título

  • Flamengo: Atual bicampeão, o Flamengo ainda é tratado como o clube com o melhor elenco do país. Gabigol, Bruno Henrique, De Arrascaeta, Everton Ribeiro, Filipe Luís e vários outros excelentes jogadores permanecem na equipe treinada por Rogério Ceni, que segue contestado por não repetir atuações tão brilhantes quanto o time de Jorge Jesus. Assim, o Rubro-Negro começa o Brasileirão 2021 com o rótulo do time a ser batido e o sonho do tricampeonato consecutivo, algo que apenas o São Paulo (2006 a 2008) conseguiu na história da competição.
  • Palmeiras: Vencedor de uma tríplice coroa na temporada passada (Paulistão, Copa do Brasil e Libertadores), o Alviverde manteve a forte base e ainda se “reforçou” com o retorno do atacante Dudu, para muitos o melhor jogador do clube no século 21, que volta de empréstimo do Al Duhail, do Catar. Com jogadores de alto nível em todas as posições e um elenco mais habituado às ideias de Abel Ferreira, o Verdão pode, sim, levantar o seu terceiro troféu em seis edições do Brasileirão. A equipe faturou o troféu em 2016 e em 2018.
  • Atlético-MG: A diretoria do Galo foi ao mercado e trouxe nomes de peso, como o atacante Hulk, o meio-campista Nacho Fernández e o lateral esquerdo Dodô a fim de “encorpar” o time, que caiu de desempenho na temporada passada e ficou sem taças relevantes. Agora, sob o comando do “professor” Cuca, que possui história gloriosa em Belo Horizonte, o Atlético-MG entra no grupo de favoritos. Prova da força da equipe é a campanha na Copa Libertadores da América, a melhor da fase de grupos na classificação geral, além da taça do Estadual.
  • São Paulo: As primeiras partidas do São Paulo de Hernán Crespo mostraram um grupo muito intenso, competitivo e batalhador. O resultado foi uma excelente campanha no Estadual, onde passou pelos clássicos de maneira invicta, venceu o campeonato e tirou o peso de um jejum que perdurava desde 2012. Com Daniel Alves, Martín Benítez, Miranda e jovens talentosos, o Tricolor surge como candidato, mais uma vez. O time do Morumbi não vence o Brasileiro desde 2008.
  • Grêmio: O Tricolor gaúcho não leva a taça do Brasileirão para casa desde 1996, mas espera acabar com o tabu neste ano. Agora com Tiago Nunes como treinador, o Grêmio vem fortalecido com as contratações de Rafinha e Douglas Costa, que preencheram lacunas no elenco. Além deles, vale destacar a manutenção da boa e entrosada dupla formada por Pedro Geromel e Kannemann, além da consolidação do jovem Ferreirinha.
  • Internacional: Sem levantar a taça do Brasileiro desde 1979, o Colorado ficou no quase na temporada passada, quando vacilou na rodada final — empatou em casa com um Corinthians sem nenhuma pretensão — e terminou na segunda posição. Com a mesma base da última temporada, aliada ao retorno do atacante Taison, que disputou a Copa do Mundo de 2018, o Inter não pode ser descartado.

Como chegam os grandes de São Paulo?

  • Corinthians: Apesar de ter um treinador promissor, a equipe do Parque São Jorge não figura entre os favoritos a levantar o título e deve ter sua briga mais concentrada no meio da tabela. Isso porque os problemas financeiros do clube são graves e não trazem boas perspectivas ao torcedor. Em sua entrevista coletiva de apresentação, Sylvinho confirmou que o clube não terá grandes reforços para a atual temporada. Vai precisar trabalhar com peças da base e veteranos do atual elenco. O objetivo principal é que o clube não caia para a Série B e possa melhorar seu desempenho dentro de campo.
  • Palmeiras: Três vezes vice-campeão no início da temporada, o Verdão chega “mordido” ao Brasileiro para tentar brigar pela sua 11ª taça. Com elenco recheado e um treinador acostumado a vencer e vibrar na beira do gramado, o time tem tudo para manter seu alto nível. A cobrança em cima de alguns jogadores é grande e novos reforços podem chegar ao decorrer da competição.
  • Santos: Ainda vivendo uma grave crise financeira e sem várias peças fundamentais do time vice-campeão da Libertadores 2020, o Peixe vive um início de temporada terrível. Passou sufoco para não ser rebaixado no Paulistão e foi eliminado na fase de grupos da atual Libertadores. Depois da rápida passagem de Ariel Holán, que pediu demissão, a diretoria santista aposta em Fernando Diniz, treinador conhecido por trabalhar bem com os jovens e formar times ofensivos. A expectativa para o Brasileirão, entretanto, não é alta. Com um elenco recheado de garotos, o Alvinegro praiano espera se reconstruir sem passar apuros.
  • São Paulo: O Tricolor perdeu potência na reta final da edição passada do Brasileirão e viu a chance do hepta escapar entre os dedos nas últimas rodadas. Agora, o cenário é diferente: sob a batuta de Hernán Crespo, o São Paulo chega motivado depois da conquista do Paulistão, saindo de uma fila de mais de oito anos sem títulos. Com um elenco competitivo, formado por experientes (Daniel Alves, Miranda, Volpi, entre outros) e jovens talentosos (como Gabriel Sara e Liziero), a equipe do Morumbi volta a sonhar com a taça do Nacional.

Onde assistir

Assim como na temporada passada, os direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro ficaram divididos entre quatro canais e seus serviços de streaming: Globo (TV aberta), SporTV (TV paga), Premiere (on demand) e TNT Sports (TV paga). Os acordos individuais de alguns clubes fragmentaram a distribuição de imagens e dificultam o acesso do torcedor aos jogos. Em tabela divulgada pela CBF das dez primeiras rodadas do campeonato, a maioria das partidas será transmitida pelo Premiere. Ainda sem acordos, os jogos de mando do Athletico-PR ficarão sem transmissão em redes de televisão.

Contratações da temporada 2021 dos times da Série A

América-MG: Ricardo Silva (zagueiro), Eduardo (lateral direito), Marlon (lateral esquerdo), Leandro Carvalho (atacante), Juninho (volante), Yan Sasse (meia), Ramon (meia), Bruno Nazário (meia), Ribamar (atacante) e Luiz Fernando (atacante).
Athletico-PR: Marcinho (lateral), Thiago Moraes (atacante) e Matheus Babi (atacante).
Atlético-GO: Fernando Miguel (goleiro), Igor Carius (lateral), Nathan Silva (volante), André (volante), Victor Paraíba (meia), Matheus Oliveira (meia), Arthur Gomes (atacante), André Luís (atacante) e Pablo Dyego (atacante).
Atlético-MG: Dodô (lateral-esquerdo), Nacho Fernández (meia) e Hulk (atacante).
Bahia: Denis Junior (goleiro), Luiz Otávio (zagueiro), Gérman Conti (zagueiro), Jonas (volante), Pablo (volante), Lucas Araújo (volante), Matheus Galdezani (meio-campista), Thaciano (atacante), Óscar Ruiz (atacante) e Fabrício (atacante).
Bragantino: Maycon Cleiton (goleiro), Natan (zagueiro), Weverson (lateral), Rafael Luiz (lateral), Jadsom (volante), Vitinho (meia), Gabriel Novas (atacante) e Pedrinho (atacante).
Ceará: João Ricardo (goleiro), Vinícius Machado (goleiro), Messias (zagueiro), Jordan (zagueiro), Gabriel Dias (lateral direito), Alessandro (lateral esquerdo), Willian Oliveira (volante), Lima (meio-campista), Jorginho (meio-campista), Marlon (meio-campista), Yony González (atacante), Jael (atacante), Wendson (atacante), Rafael Elias (atacante) e Mendoza (atacante).
Chapecoense: Keiller (goleiro), Brayan (volante), Ravanelli (meia), Geuvânio (atacante), Kaio Nunes (atacante), Geuvânio (atacante) e Fabinho (atacante).
Cuiabá: Walter (goleiro), Paulão (zagueiro), Marllon (zagueiro), Wálber (zagueiro), Uendel (lateral-esquerdo), Uillian Correa (volante), Camilo (volante), Pepê (meia), Guilherme Pato (atacante), Jonathan Cafu (atacante), Clayson (atacante) e Osman (atacante).
Corinthians: Ninguém.
Fortaleza: Matheus Jussa (zagueiro), Marcelo Benevenuto (zagueiro), Yago Pikachu (lateral direito), Daniel Guedes (lateral direito), Gustavo Blanco (volante), Éderson (volante), Lucas Crispim (meia), Isaque (meia), Robson (atacante) e Wellington Nem (atacante).
Flamengo: Bruno Viana (zagueiro).
Fluminense: Rafael Ribeiro (zagueiro), Manoel (zagueiro), David Braz (zagueiro), Samuel Xavier (lateral direito), Wellington (volante), Cazares (meia), Abel Hernández (atacante) e Raúl Bobadilla (atacante).
Grêmio: Rafinha (lateral direito), Thiago Santos (volante) e Douglas Costa (atacante).
Internacional: Lucas Ribeiro (zagueiro), Taison (atacante) e Carlos Palácios (atacante).
Juventude: Vitor Mendes (zagueiro), Cleberson (zagueiro), Paulo Henrique (lateral direito), Yago (volante), Elton (volante), Matheus Jesus (volante), Wescley (meia), Renan Bressan (meia), Guilherme Castillo (meia) e Matheus Peixoto (atacante).
Palmeiras: Danilo Barbosa (volante).
Santos: Moraes (lateral esquerdo) e Marcos Guilherme (atacante).
São Paulo: Miranda (zagueiro), Orejuela (lateral direito), William (meio-campista), Benítez (meia), Rigoni (meia), Bruno Rodrigues (atacante) e Éder (atacante).
Sport: Sabino (zagueiro), Rentería (volante), Zé Wilison (volante), Thiago Lopes (meia), Tréllez (atacante), Maxwell (atacante), Jonas Toró (atacante) e Neílton (atacante).

Confira a 1ª rodada do Brasileiro

29/5 – Sábado
19h Cuiabá x Juventude
20h Bahia x Santos
21h São Paulo x Fluminense – RJ

30/5 – Domingo
11h Atlético-MG x Fortaleza
16h Ceará x Grêmio
16h Flamengo x Palmeiras
18h15 Athletico-PR x América-MG
18h15 Chapecoense x Red Bull Bragantino
18h15 Corinthians x Atlético-GO
20h30 Internacional x Sport
Veja a tabela completa AQUI.

Fonte: JP
Comunicar erro

© 2021 - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade •   Quem somos    •   Contato   •